Inscreva-se em nosso canal no YouTube.

Mayah explora as múltiplas possibilidades do amar em “Esquinas”

Em uma mistura de MPB, rap e música alternativa, a cantora e compositora Mayah faz o ouvinte mergulhar em paixões envolventes e cotidianas, que nos cercam no dia a dia, no single e clipe “Esquinas”. A faixa antecipa o EP de estreia da artista, “Venusiana”, que propõe uma busca do feminino com muita poesia.

“‘Esquinas’ é a canção que inicia a jornada afetiva de Venusiana. Traz como cenário a rua, esse lugar de passagem cotidiana, mas que também é uma travessia de possibilidades, dentre elas, surpresas, inesperados, momentos de contemplação, abstração e espera – e aí que entra o afeto como via de transmissão – o encontro com aquilo que se contempla, que se deseja sem a necessidade de limitar, mas permitir que o outro seja para mim de forma espontânea e que eu seja para além das fronteiras do meu próprio corpo”, reflete a artista.

Mayah, multiartista e psicóloga social, nasceu e cresceu em Pérola D’Oeste, no interior do Paraná. Sua jornada artística começou aos 6 anos de idade, quando ela começou a participar de festivais de música, coral e apresentações com o Grupo Jovem de Música Sacra, no sudoeste do Paraná. Em 2016, Mayah mudou-se para Curitiba, onde encontrou na rua o seu primeiro palco para performances na capital.

Desde então, ela tem atuado como cantora, compositora e intérprete. Mayah já teve a oportunidade de se apresentar em diversos locais importantes da cidade como o Palácio Garibaldi, o Teatro Paiol, o Expresso Hostel, a Universidade Positivo, além de participar de feiras e eventos culturais.

Em 2018, Mayah lançou o single “Ciclos”, que alcançou mais de 2 milhões de reproduções nas plataformas de streaming. Atualmente, ela está trabalhando na produção de seu primeiro EP, intitulado “Venusiana”, que será lançado em 2023. O projeto conta com o apoio do Fundo Municipal de Cultura de Curitiba e da EBANX.

“O conceito de ser um EP que traz como nome Venusiana é justamente em alusão ao arquétipo de Vênus enquanto um planeta, uma deusa, um estado de espírito em ebulição de amor e prazer, mas não se limita à carne, traz com ênfase o estado criativo, contemplativo através dos prazeres do amor, a si, ao outro, ao coletivo e quão desse amor é potência revolucionária. Por isso, essa é uma história contada em 5 diferentes videoclipes dirigidos por mulheres”, conta ela.

Com produção musical de Brasileiro e direção audiovisual de Bruna Thimoteo Freitas, “Esquinas” está disponível em todas as plataformas de streaming e no canal da artista no YouTube.

  • https://stm16.xcast.com.br:7334/