Save 20% off! Join our newsletter and get 20% off right away!

Ex-repórter da Globo lança canal no YouTube

jornalista Ricardo Mello, ex-repórter especial da Globo em Belo Horizonte, lançou, nesta quinta-feira, um canal no YouTube para publicar reportagens especiais e podcasts jornalísticos sobre temas que vão da política e economia, até comportamento e ciência. “A ideia é fazer jornalismo de uma forma que, se você estiver assistindo ou só ouvindo, vai conseguir entender tudo do mesmo jeito. Quero falar de tudo, não tem limite. Pode até ser uma curiosidade, desde que acrescente alguma informação relevante para as pessoas”, afirma Mello, que se especializou em reportagens investigativas e especiais para o Fantástico.

O programa não tem um formato específico, o tema é que vai definir a forma de se fazer jornalismo. Uma coisa é certa, as informações e análises serão repassadas de forma descomplicada. “O foco é falar simples sempre. Existem muitos brasis e o jornalista tem que falar com todos, independentemente de onde esteja. A TV aberta me ajudou a simplificar a linguagem, mas nos últimos anos eu queria mais, porque quem realmente precisa ser informado usa uma linguagem popular”, resume Mello.

Com 27 anos de experiência no Jornalismo, Ricardo Mello atuou como repórter do Fantástico nas redações de Campo Grande (MS); Cuiabá (MT) e Belo Horizonte (MG). Passou pelas maiores emissoras de televisão do Brasil, atuando no Rio de Janeiro e em São Paulo, na Globo, SBT e Record.

Ricardo Mello foi o jornalista que revelou ao Brasil o drama de Madalena Gordiano, uma mulher que passou 38 anos em escravidão doméstica no interior de MG. Contada no Fantástico, a história de Madalena repercutiu em vários países e quintuplicou as denúncias de trabalho escravo doméstico no Brasil. O repórter noticiou também o caso da desembargadora acusada de usar o cargo para tirar o filho de um presídio de Mato Grosso do Sul e levar para uma clínica psiquiátrica de luxo em São Paulo. O rapaz cumpre pena e a magistrada foi condenada pelo Conselho Nacional de Justiça e aposentada compulsoriamente. “Agora me aventuro no Jornalismo independente, sem intermediários para escolher as pautas”, completa.

Para colocar o primeiro vídeo no ar, o jornalista reuniu uma equipe de profissionais experientes. As imagens são do repórter-cinematográfico Thamer Pimentel e a identidade visual é do designer Murad Badur.

No vídeo de estreia, Ricardo Mello fala sobre o processo de mudança. “Esse não seria o primeiro vídeo, mas como estava passando pelo processo de transição entre veículos, resolvi ouvir especialistas que pudessem falar sobre um tema que provoca medo em muita gente: mudar. A ideia é oferecer informações que ajudem as pessoas nesse processo, afinal, o Jornalismo tem, acima de tudo, uma função social muito importante”, explica.

Acompanhe todas as notícias do mundo da música, cultura pop, famosos, televisão, entrevistas e muito mais.
  • https://stm16.xcast.com.br:7334/