Inscreva-se em nosso canal no YouTube.

Uma experiência emocional: Cynthia Luz lança o EP “Afetropia”, com participações de Marcelo Falcão e Zaac

Principal nome feminino do rap nacional, com mais de 11 anos de carreira e milhões de plays nas plataformas de música digital, Cynthia Luz é dona de uma voz marcante e visceral. Desde o single “Ponto de Brasa”, com Zaac, em que explorou novas sonoridades, a artista mostra um outro lado musical, agora revelado por completo no EP de seis faixas “Afetropia”, sob o olhar do produtor uruguaio Cabrera. O destaque é a canção, de contornos latinos, “Te Ver Sorrindo”, que estreia com clipe oficial romântico, em que a artista divide a cena com seu marido, o também rapper Froid.

“Afetropia” é a fusão do sentir que gera a transcendência de um sentimento. Com essa proposta, Cynthia Luz convida os ouvintes a embarcarem em uma experiência sonora emocional. O EP tem início com “Te Ver Sorrindo”, faixa que marcou o começo da parceria com Cabrera, produtor de sucesso conhecido por misturar elementos que transitam em diversas fronteiras musicais: “foi uma música que trouxe muita libertação pra mim, em relação a produzir novos estilos e trabalhar em novos conceitos musicais que eu não transitava antes. Essa música foi a porta de entrada para o EP”. Sobre a temática da canção, ela compartilha: “fala muito de saudade, de um momento que eu estava vivendo na época”.

O trabalho segue com “Abraçar Você”, faixa que também simboliza uma etapa pessoal: “na época, eu morava sozinha e meu companheiro também, e a gente tava sempre sentindo falta um do outro. Quando compus, eu falava de uma questão de distância física, mas essa música também fala sobre morar dentro de outra pessoa, em relação ao sentimento. O Cabrera gostou da história e da letra e fomos aperfeiçoando, até que veio essa canção gostosa e linda, que simbolizou momentos de tanta saudade e lembranças tão especiais pra mim”, divide a artista.

“Ponto de Brasa”, em parceria com Zaac, traz a atmosfera dançante do pop latino. A faixa, lançada como primeiro single do projeto, estreou com um clipe oficial. “Essa música foi um presente que o Cabrera e o Zaac me deram e interpretá-la foi muito divertido e leve. São duas pessoas talentosíssimas e generosas, que admiro muito. Eles me ajudaram a conseguir me conectar com a ideia do som, porque eu nunca tinha gravado algo que não escrevi, então foi uma experiência diferente e muito positiva”, conta Cynthia.

“Afetropia” segue o caminho da sonoridade pop latina com “Fica Mais um Pouco”, faixa que, conta a artista, “reflete muito as referências do Cabrera, com uma atmosfera latina, sensual. Essa música veio pra trazer essa energia pro EP, porque não tem como falar de amor, sem falar de conquista, sensualidade, carinho”.

O trabalho segue com “Não Vou Insistir”, faixa que mistura a sonoridade do funk e do trap e fala, ironicamente, sobre persistência, como explica Cynthia: “é sobre todas as vezes que a gente fala que não vai insistir em algo que a gente não é capaz de desistir, porque é um sentimento além da matéria. É uma música que fala de amar, sem existir a dependência emocional, porém, quando a ligação é de alma, a gente não controla”.

“Dançar com Você” transita pelo rap e pelo reggae e finaliza o projeto com a participação do cantor Marcelo Falcão. “É um artista que me inspira muito a fazer coisas novas, que sempre me traz ideias novas. Quis convidar o Falcão, que tem a cara dessa mistura e, como sempre, ele surpreendeu, trouxe uma vibe e uma energia que transformaram a faixa em algo muito mágico”, conclui.

Em 11 anos de carreira, Cynthia Luz é hoje um dos principais nomes do rap nacional e a maior artista feminina do gênero, acumulando mais de 2.8 milhões de ouvintes mensais no Spotify e 193 milhões de plays no YouTube. Natural de Itajuba, Minas Gerais, traz na bagagem milhões de plays em canções solo e parcerias, como o projeto poesia acústica, nas faixas 8, 11 e “Paris”, e canções como “Me Negaram Amor”, “Eu Não Valho Nada” e “Olhares”. Dona de um timbre marcante e versátil, já colaborou com nomes como Lagum, Gabriel O Pensador, Projota, entre outros. Depois de seis álbuns em sua trajetória musical, neste ano de 2023, a artista lança “Afetropia”, EP de seis faixas, com produção de Cabrera e as participações de Marcelo Falcão e Zaac. A artista é presença confirmada como uma das atrações do Alma Festival, no dia 15 de julho, no Rio de Janeiro, e no The Town, no dia 10 de setembro, em São Paulo.

  • https://stm16.xcast.com.br:7334/