Inscreva-se em nosso canal no YouTube.

Tuany apresenta “sad song” com outro ponto de vista sobre término

Tuany
Camila Sánchez

“Oi, conhecido. Acho que é melhor eu te chamar assim”. É este o primeiro trecho do single “O Outro Lado do Adeus”, da cantora e compositora Tuany, que chega a todos os aplicativos de música nesta quinta-feira (7), às 21h. Bem como a canção, o visualizer carrega um ar triste e introspectivo que poderá ser conferido no YouTube da artista, na quarta-feira (13), às 18h.

A canção retrata o término de um relacionamento amoroso por meio da perspectiva de quem decide pelo ponto final. A temática surgiu de uma atividade realizada por Tuany em um curso online de composição da Berklee College of Music, de Boston. “O tema que eu escolhi foi justamente ‘O Outro Lado do Adeus’. A ideia era desenvolver o começo, meio e fim da história através dos versos, e no refrão trazer uma reflexão geral sobre o tema. Achei muito interessante esse tema em específico, porque abria grandes possibilidades de fugir um pouquinho do óbvio e eu já tinha passado por uma situação assim”, conta a cantora.

Em “O Outro Lado do Adeus”, o piano, as cordas e a voz grave e potente de Tuany se unem em uma melodia triste e reflexiva. “Eu queria uma vibe bem ‘sad song’, tanto na letra quanto no instrumental. O elemento que eu mais busquei foi a melancolia e isso soa muito no instrumental, com o piano conduzindo a música o tempo inteiro, o violão entrando e dando uma ‘entristecida’ a mais na música, até o momento que ela cresce e ganha timbre de órgão e de guitarra, pra ser bem arrebatador”, explica Tuany, que teve como inspiração nomes como Adele, Father John Misty, Lana Del Rey, Lorde e Hayley Williams.

visualizer foi gravado na casa da artista, com a ajuda de Marcelo Lima. “Usamos meu celular para filmar e o cenário foi montado com tecidos e plantas que eu tinha por aqui. Foi dirigido e roteirizado por mim mesma”, aponta a artista que também aborda a vivência de artista independente nas redes sociais.

METAMORFOSE

Desde o lançamento de “Instalação”, Tuany vem narrando uma história paralela que se conecta sutilmente aos temas abordados em cada uma das canções já apresentadas. “Trata-se de um processo de metamorfose. ‘Instalação’ foi o primeiro estágio: a percepção de que você precisa mudar. Depois, em ‘Alguma Coisa’, chega o momento em que você começa a construir o seu casulo e escolher o que você vai carregar com você e o que vai deixar pra trás. Agora, em ‘O Outro Lado do Adeus’ é o momento de ‘maturação’ do seu novo ser. Você está ali submerso, se preparando pra poder renascer. A própria música fala sobre esses estágios em suas estrofes”, salienta.

Em 2024, essas três canções se unirão a mais três faixas inéditas no primeiro álbum de Tuany. “Acho que estou vivendo a fase em que eu mais tenho me sentido eu mesma, musicalmente, artisticamente e até como pessoa. Para 2024, eu quero explorar isso ainda mais e incentivar as pessoas a buscarem cada vez mais serem elas mesmas, com todos os traumas e histórias que carregam em si.

SERVIÇO
A canção “O Outro Lado do Adeus”, de Tuany, estará disponível em todos os aplicativos de música na quinta-feira (7), às 21h. Já o visualizer chega ao canal do YouTube da artista na quarta-feira (13), a partir das 18h.

+ SOBRE TUANY

INSTAGRAM | YOUTUBE | SPOTIFY | TIK TOK

Com voz potente, densa e cheia de história para cantar, Tuany é uma artista da cidade de Santo André (SP). Desde a infância, tem uma forte conexão com o cantar e compor, tendo feito suas primeiras composições aos 8 anos. No canto, começou como autodidata aos 9 anos, mas dos 15 aos 16 anos, fez aulas particulares de canto lírico.

Aos 10, começou a tocar violão e guitarra, aos 15 iniciou seus estudos de piano popular na Fundação das Artes de São Caetano do Sul, onde se formou em 2018; aos 22 estudou produção musical na EM&T. Em 2019, resolveu, finalmente, iniciar a sua carreira solo, após anos trabalhando apenas com bandas, e em abril de 2020 lançou o seu primeiro single solo intitulado “Hm.”, o qual compôs, arranjou, produziu e gravou todos os instrumentos (com exceção da bateria).

Em 2021, lançou o single duplo “Fluir”, em parceria com Pedro Tiepolo; “Você”, uma balada intimista e sedutora; “(Voar) Longe Daqui”, um indie pop energético, que flerta com o rock e R&B. No mesmo ano, lançou seu EP de estreia intitulado “Longe Daqui”, em que a faixa exclusiva “Florianópolis” conquistou espaço na playlist editorial “Fresh Finds Brasil”, do Spotify; e, mais recentemente, o single “Te Avisei” (também em parceria com Pedro Tiepolo).

Todos esses trabalhos foram lançados de forma independente por Tuany, que assina a produção e pós-produção musical de quase todos os trabalhos (com exceção das faixas “Hm.” e “Te Avisei”).

  • https://stm16.xcast.com.br:7334/