Inscreva-se em nosso canal no YouTube.

Ghabi faz uma carta de despedida triste em novo single “Não Vou Mais Ceder”

Ghabi lançou nesta sexta-feira (14) o single “Não vou mais ceder”. A faixa é uma carta de despedida triste, serena e decidida e por isso tem como tema a cor azul. O trabalho faz parte do EP “Magreb Latino”, onde a cantora utiliza as cores para se comunicar através das músicas.

“A música é multissensorial, porque nos adentra pelos ouvidos mas se transforma em sentimentos, embala memórias, momentos, nos faz lembrar lugares e pessoas. Com as cores, eu quis apenas materializar essa multissensorialidade e tornar mais tangível esses sentimentos que cada música do EP tende a proporcionar. Por isso, ‘Não Vou Mais Ceder é azul’, porque essa é a cor mais triste da aquarela. Azul é melancolia, introspecção, espiritualidade e também serenidade: tudo o que a música traduz”, explica.

Até o momento foram lançadas duas faixas que compõem o setlist do projeto: “Deu Bom”, trouxe o rosa para dar a sensação de sensualidade, força, poder e feminilidade, e “Honey”, que usa a cor amarela para representar leveza e positividade, além de estar ligada ao chakra do plexo solar, responsável pela autoafirmação e autoestima.

“Eu compus essa música inicialmente como um pagode e foi muito difícil transformar ela em algo mais pop que tivesse mais a ver comigo! Eu, Ariel Donato e o GB, da Banca 021, tivemos muito trabalho, pois tivemos que mudar bastante o arranjo e a estrutura de uma música que já estava grudada na cabeça como um pagode! Mas eu sou ariana, cabeça dura, e não queria abrir mão dela de jeito nenhum!!! Não abri e deu certo: está aí, lindona!”, conta.

O projeto produzido por Ariel Donato, terá 4 faixas, todas compostas por Ghabi, que é neta de libaneses, em parceria com outros artistas, e apresentará sonoridade que mistura ritmos brasileiros com instrumentos oriundos da cultura árabe, como a tabla e a cítara, mantendo a sua identidade artística, aliada aos traços marcantes de sua cultura.

Letra:
(Ghabi, Lucas Carvalho)

Eu nunca quis soltar a sua mão
Mas tô na contramão, baby
Do que meu coração manda fazer

Pode ser que vc não tenha outro alguém
Mas antes só do que refém
Dessa insegurança que me dói

Te liguei ontem à noite pra me despedir
O telefone mudo, era eu daqui
Não tive essa coragem pra te dizer
Que agora sigo eu sem mais você

Eu tô apaixonada, não tem solução
Mas vou ter mais cuidado com meu coração
Não vejo o mesmo brilho em vc
Prefiro me afastar pra não sofrer

Só vai
Nem olha pra trás pra eu não desistir
Só Vai
Não tenho palavras mas vou conseguir
Se vai
Ser
melhor assim pra mim
Eu não vou mais ceder

  • https://stm16.xcast.com.br:7334/