Inscreva-se em nosso canal no YouTube.

Celebrando nova fase, Lexa lança o EP “Essa Fada” com participações de Grag Queen e Luccas Carlos

Lexa
Divulgação/Som Livre

Nesta sexta-feira (15), Lexa apresenta aos fãs o resultado de um mergulho profundo em seu processo de transformação e libertação com o EP “Essa Fada“. Disponível nas plataformas digitais pela Som Livre – ouça aqui -, a cantora dá seu tom envolvente para as letras de empoderamento que refletem seu atual momento, repleto reflexões e ainda mais energia criativa para colocar todo mundo para dançar ao som dos seus hits.
 

Eu queria muito entregar esse EP pra galera se divertir. Esse projeto simboliza não só o encerramento do ano, mas de um ciclo na minha carreira. Ele traz músicas que são a minha cara e com as quais eu tenho muita identificação“, diz a Lexa.
 

Com seis faixas inéditas, o álbum abre com a aposta “Tapa“, uma parceria com a cantora Grag Queen – também conhecida por vencer a primeira temporada do Queen of the Universe e apresentar o Drag Race Brasil. “E nós vamos gravar um clipe bem lindo pra essa música, com a participação da Grag. Vai ser tudo!“, entrega a artista.

Em seguida, “Troco” chega com a mensagem de que “tudo que vai, volta” em qualquer circunstância, principalmente quando o assunto é relacionamento. As super dançantes “Docinho“, “Holograma” e “Meninas Super Perigosas“, por sua vez, exploram ainda mais o funk-pop da cantora. Já o encerramento da tracklist fica por conta de “Din Din“, com participação do rapper carioca Luccas Carlos.

O EP reflete a nova fase da cantora, com liberdade, ousadia e resiliência, encerrando o ano musical de Lexa. Com este novo trabalho, a artista se propõe a abrir mão das próprias amarras, se redescobrir, se conectar com novas oportunidades e entrar em um ciclo de reinvenção.

EP “Essa Fada” – Lexa

Lançamento Som Livre – 15 de dezembro/2023

Tracklist

1. Tapa (part. Grag Queen)

2. Troco

3. Docinho

4. Holograma

5. Meninas Super Perigosas

6. Din Din (part. Luccas Carlos)

Sobre Lexa

Dona de grandes hits e coreografias pra lá de dançantes, Lexa acumula mais de 1 bilhão de visualizações em seu canal do YouTube. A trajetória da cantora começou desde muito nova pela ligação com a música e a influência de familiares. Artista da Som Livre desde 2015, ela estourou com “Posso Ser”, a música mais tocada do ano em todas as rádios do Brasil. Em seguida, lançou o álbum “Disponível”, que rendeu várias conquistas. Dentre elas, ” Para de Marra “, que marcou a carreira da cantora e acumula mais de 50 milhões de visualizações.

Entre 2018 e 2019, Lexa lançou a trilogia de sucesso formada por “Sapequinha”, em parceria com MC Lan (que ganhou Certificado de Diamante pela Pró-Música Brasil), “Provocar” , com Gloria Groove e “Só Depois do Carnaval “, que juntas acumulam mais de 500 milhões de views no canal de YouTube da cantora. Entre outras parcerias bem sucedidas estão “Amor Bandido” , com MC Kekel (indicada ao Prêmio Multishow 2019 como Clipe TVZ do Ano), “Apimentadíssima” , com Dennis DJ e “Chama Ela” com Pedro Sampaio, que acumula mais de 90 milhões de visualizações. Ainda em 2019, Lexa se juntou com Anitta, Luísa Sonza e MC Rebecca em “Combatchy” , que animou as pistas de dança e já ultrapassou a marca dos 200 milhões de views.

Em 2020, lançou hits como “Bate Palma” , parceria com MC Jottapê, e animou o Carnaval com “Aquecimento da Lexa” , que conta com mais de 70 milhões de views. Em seguida surpreendeu a todos com sua personagem futurista em “Treme Tudo” e foi uma das artistas pioneiras a lançar na quarentena um clipe com gravação 100% remota, em “Largadão “. No mesmo ano a cantora lançou pela Som Livre o álbum homônimo, “LEXA” , onde mostrou uma diferente faceta ao incorporar ritmos como trap, axé, brega e pagode ao seu pop funk. As 9 faixas trouxeram participações como Luísa Sonza, Márcio Vitor (Psirico), Bruno Cardoso (Sorriso Maroto) e Pedro Sampaio. Três meses depois, ela liberou a versão DELUXE do álbum com 3 faixas, sendo uma parceria inédita com PK e dois remixes com JS Mão de Ouro e Ralk.

Em 2021, Lexa conciliou a carreira de cantora com a de apresentadora de TV, ao comandar o programa “TVZ” e o reality de dança “No Gás do Just Dance”, ambos no Multishow, e também teve um documentário sobre sua vida e carreira profissional no Globoplay: “Lexa: Mostra Esse Poder”. Entre os singles do ano pela Som Livre, Lexa lançou “Taradinha” , parceria de peso com Kevinho e Hitmaker, e “Bruta”, single que acompanhou videoclipe inspirado no universo gamer, superprodução mergulhado no mundo pop, dirigido por Darlin Ferrattry. Em 2022, a artista apresentou uma super parceria no hit “Kikada do Ano”, ao lado do baiano Léo Santana, e lançou o EP “Magneticah”, tendo Pabllo Vittar como feat na música de trabalho, “Cavalgada”. A artista ainda celebrou o sucesso de sua estreia no Rock in Rio, como headliner do Espaço Favela, entregando um grande espetáculo musical com dançarinos e trocas de looks, levando o público presente ao delírio. Já em junho de 2023, a cantora lançou o single “Flash Volta”, fruto de parceria com Gustavo Mioto. Seu lançamento mais recente é a faixa “Rabisca”, em feat com Thiago Pantaleão, na qual os artistas se jogam na dança em um batidão de funk assinado pelo beatmaker Ruxell.

  • https://stm16.xcast.com.br:7334/