Inscreva-se em nosso canal no YouTube.

As vésperas da chegada do segundo filho, Maria Cecilia e Rodolfo lançam Em Off 

Felizes, Maria Cecilia e Rodolfo aguardam o segundo filho, Martín, previsto para nascer no início de março deste ano. “Téte a téte”, o novo registro, que chegou ao mercado em janeiro de 2022, celebra o bom momento vivido pelos cantores na vida profissional e, principalmente, na pessoal. Na sequência de lançamentos das faixas, os cantores apresentam “Em off”, a terceira de uma série do time de inéditas do projeto audiovisual.

A parceria entre Lucca Rodrigues, Léo Goes e DiFelippo resultou na romântica “Em off”. Inteligente, a letra fala sobre a escolha pelo relacionamento longe dos holofotes e abre  uma reflexão sobre até que ponto vale a pena expor a vida publicamente nas redes sociais.

Não tem post, não tem frase fofa na linha do tempo.

Não tem brecha pra nenhum juiz de relacionamento.

Vivendo a felicidade, longe da maldade on line…

O melhor da vida é viver em off, é cuidar do nosso.

Ninguém mete o dedo onde não é chamado,

Casal que não é visto não é invejado

A música foi amor à primeira vista. ‘Em off’ fala muito sobre o que de fato a gente acredita. Todos sabem que preservamos os nossos momentos íntimos, a nossa família. Cansamos de ouvir relatos sobre o quanto o excesso de exposição atrapalha a vida pessoal. ‘Em off’ chega para ser uma grande reflexão, de forma carinhosa. Mas, nosso desejo é que as pessoas reflitam muito sobre o que realmente vale a pena dividir“, fala Maria Cecilia.

‘Em off’ é apresentada em um momento onde muitas pessoas buscam o contrário disso. Mas, até que ponto vale expor de forma exacerbada? Não vale! O que importa é viver os momentos de peito aberto. As verdadeiras recordações ficarão guardadas na memória e, principalmente, no coração“, completa Rodolfo.

A produção musical de Romário Bento faz parte de “Téte a Téte”, álbum registrado na Valley Pub, em Campo Grande, em dezembro de 2021. O show foi captado para marcar o retorno do mercado musical, duramente afetado pela pandemia. “Téte a téte” reflete a vontade e a ansiedade que Maria Cecilia e Rodolfo estavam de se apresentar ao público. “O artista vive disso, do ‘Téte a téte’, esse contato íntimo e direto com os fãs. A saudade estava imensa. Cantar olhando o público de perto, sentir o calor humano, faz toda a diferença. Esse é o nosso combustível“, encerram.

  • https://stm16.xcast.com.br:7334/