Inscreva-se em nosso canal no YouTube.

André Paixão transforma poema de Thiago Cervan em música no single e clipe “Litoral”

André Paixão continua conhecido como Nervoso, integrante de bandas como Tripa Seca e Nervoso e Os Calmantes. Mas agora o músico carioca abraça a calmaria no novo single, “Litoral”, uma composição que surgiu de um poema de Thiago Cervan encontrado na revista Piauí – e agora se torna canção, já disponível para streaming nas principais plataformas de música, além de ganhar uma interpretação visual com um clipe.

“Litoral” se tornou uma daquelas colaborações improváveis, já que parte existia como poesia e, mais tarde, ganhou música, outra cadência, um novo ritmo, nos acordes de André Paixão. O cantor e o poeta não se conheciam, mas uma aproximação via internet fez tudo acontecer – não sem alguns percalços. 

“Estava lendo a revista Piauí, quando me deparei com poemas do Thiago Cervan, um educador popular, autor do livro ‘Não existem rotas conciliatórias de fuga’ (Editora Urutau, 2016). O poema ‘Litoral’ me emocionou de forma a despertar pensamentos sobre nosso caminhar, nossas idas e vindas, nossa resistência em lutar pela nossa arte, o bater da água na pedra até rachar. Entrei em contato com ele por uma rede social. Perguntei se ele curtia a ideia de musicar o poema e ele gostou. Só que quando voltei com a música pronta, ele já tinha desaparecido das redes sociais”, recorda André, bem humorado. 

Uma nova ponte surgiu com a ajuda de Guilherme, filho do músico carioca, que por sua vez reside no interior de São Paulo e conseguiu rastrear o contato de Thiago Cervan por meio de amigos em comum, em uma grande rede poética-musical.

“Ele adorou o resultado e fechamos a parceria. Chamei o Lucas Freitas, da Orquestra de Rua, para executar o arranjo de violoncelo e ficou do jeito que eu queria. Simples como a vida deveria ser. Gravamos o clipe na Pedra do Arpoador com direção do Markão Oliveira, completa Paixão.

A música abre uma nova perspectiva na carreira solo de André. A alcunha de Nervoso é um reflexo da sua versatilidade em pular de projeto em projeto, cada um com suas personalidades próprias. Paixão acumula muitos títulos, como compositor, produtor e designer de áudio, além de cantor e músico, tendo feito parte de bandas como Acabou La Tequila, Autoramas, Matanza, Nervoso e os Calmantes, Beach Lizards, Lafayette e os Tremendões, Getúlio Côrtes e Tripa Seca.

Além de sua atuação como músico, André Paixão também trabalhou como produtor, diretor musical, compositor e arranjador de música para filmes, peças de teatro e séries. Ele colaborou com renomados criadores referências neste mercado, incluindo Felipe Hirsch, Gilberto Gawronski, Pedro Brício, Marco Nanini, Guta Stresser, Ivan Sugahara, entre outros.

André Paixão é sócio diretor da Areia Produções Artísticas, que abriga o SuperStudio, um local onde grava, produz e distribui música através do selo Super Discos. Ele traz na bagagem uma discografia com várias bandas e projetos, além de trilhas sonoras originais para filmes, como “Medea en Promenade”, “Sade em Sodoma”, “Chess Game” e “O Casamento de Gorete”. Ele continua ativo na indústria musical, lançando trilhas sonoras originais e trabalhando com outros artistas.

Com “Litoral”, André Paixão mergulha fundo em uma verve mais intimista, porém não menos intensa de seu trabalho como artista solo. O single já está disponível para audição nas principais plataformas e o clipe, em seu canal oficial no YouTube.

  • https://stm16.xcast.com.br:7334/