Inscreva-se em nosso canal no YouTube.

Linn da Quebrada integra elenco de “Vale Night”, filme com Pedro Ottoni, Yuri Marçal, Gabriela Dias e grande elenco

Atualmente no Big Brother Brasil, Linn da Quebrada poderá ser vista também, em breve, nas telas do cinema. Ela está no elenco do novo filme nacional Vale Night, comédia estrelada por Pedro Ottoni, Yuri Marçal, Gabriela Dias e grande elenco. 

Na história, Daiana (Gabriela Dias), cansada de lidar com as responsabilidades do primeiro filho, resolve pegar um “Vale Night” para passar a noite com as amigas, mas, para isso, precisa deixar o filho com o pai da criança. Vini (Pedro Ottoni), também entediado, decide dar uma volta com o bebê. Tudo vai bem até que ele se distrai com os amigos e perde o menino e parte em busca da criança por toda a comunidade, se colocando em situações inusitadas e divertidas para que Daiana não perceba nada. 

Linn interpreta a DJ Pulga, amiga de Vini e aspirante a DJ, começando a tocar em festas mais reconhecidas, como a Batekoo. Desinibida, tem uma forte atração por Linguinha (personagem de Yuri Marçal) e drogas ilícitas.

Conheça, abaixo, mais um pouco da carreira da atriz, cantora e apresentadora. 

Carreira musical 

Linn da Quebrada despontou em 2017, com o single e hit instantâneo “Enviadescer”. No ano seguinte, lançou seu primeiro álbum, intitulado Pajubá, que traz uma linguagem própria e foi responsável por alavancar sua carreira, levando a artista para diferentes palcos do Brasil e mundo afora.  

O disco tem direção musical da DJ e produtora brasileira BADSISTA, com quem Linn trabalhou no lançamento seguinte, Trava Línguas, de 2021. Em 11 faixas, Linn traz novas referências e experimentações, mas, assim como o primeiro trabalho, segue brincando com os usos das palavras e frequências sonoras. As músicas abordam temas como a exploração de gênero e as experiências de uma mulher trans ou travesti, além de sua vivência como pessoa negra e brasileira. 

Cinema e TV 

Em 2018, Linn roteirizou e protagonizou o documentário, Bixa Travesty (direção de Kiko Goifman e Claudia Priscilla), que conta a trajetória de descoberta da atriz e cantora como travesti. Na produção, Linn conversa com outras artistas do cenário LGBTQIA+ do país, como Liniker, Jup do Bairro, As Baías e Raquel Virgínia, abordando as principais dúvidas de uma pessoa transgênera, como passar ou não por cirurgias e pela hormonização, a interação com a família e a cobrança da sociedade por mais feminilidade em relação às pessoas transfemininas. Bixa Travesty conquistou o Teddy Awards de “Melhor Documentário Estrangeiro” no Festival Internacional de Cinema de Berlim, além de outros prêmios nacionais e internacionais. 

Em 2019, Linn da Quebrada foi da telona para as telinhas, como apresentadora de TV pela primeira vez em sua carreira. Ao lado de Jup do Bairro, ela comandou a bancada do talk show TransMissão, que estreou no Canal Brasil (Globosat). 

No mesmo ano, a atriz integrou o elenco da série Segunda Chamada, do Globoplay, que acompanha a luta de professores de ensino noturno para jovens e adultos em prol do poder de transformação social da educação. Na história, Linn interpreta Natasha, uma das alunas da EE Carolina Maria de Jesus, que enfrenta preconceitos de outros alunos por conta de sua identidade de gênero. 

Acompanhe todas as notícias do mundo da música, cultura pop, famosos, televisão, entrevistas e muito mais.
  • https://stm16.xcast.com.br:7334/